search

As "Demais Contribuições Financeiras a Favor das Entidades Públicas" e a Jurisprudência do Tribunal Constitucional

€23.50
€18.80 Save 20%
VAT included DELIVERIES IN 2 TO 3 BUSINESS DAYS
Quantity

  SAFE PAYMENT

Secure payments directly managed by banks. ATM, MBWay and Paypal available.

  FREE SHIPPING FROM 25€

Deliveries in 2 to 3 business days (except holiday period).

  CUSTOMER SUPPORT

We are available to clarify all your doubts.

A presente obra, que dá sequência às investigações do seu autor no domínio dos tributos setoriais, procura oferecer uma proposta de teoria geral para as “demais contribuições financeiras a favor das entidades públicas” objeto de menção no artigo 165.º, n.º1, alínea i) da Constituição da República Portuguesa (CRP), tendo essencialmente por referência a jurisprudência do Tribunal Constitucional
(TC), particularmente relevante neste domínio.
Trata-se, por isso, de uma obra que assume como ponto de partida uma visão depurativa da jurisprudência constitucional em torno dos principais caracteres das “demais contribuições financeiras a favor das entidades públicas”, albergando os casos em que a ação concretizadora do TC se revela adequada e, bem assim, os casos em que as premissas ou conclusões do referido Tribunal nos pareçam, a este nível, merecedoras de crítica – procurando, como é próprio do espírito universitário, que a sua formulação obedeça a um estilo construtivo e de permanente contributo para a correção de eventuais anomalias interpretativas ou, inclusive, para a necessidade de uma evolução normativa.
Em conformidade, a presente obra socorrer-se-á de uma análise, tão exaustiva quanto possível, da jurisprudência do TC em torno das “demais contribuições financeiras a favor das entidades públicas”, com o intuito de formular um conjunto de condições normativas para que a qualificação de um dado tributo com contribuição financeira, mormente por parte do referido Tribunal, possa ocorrer com a ponderação e objetividade requerida por uma categoria cada vez mais relevante no sistema fiscal português.

ÍNDICE

NOTA PRÉVIA
SIGLAS E ABREVIATURAS
I: As “demais contribuições financeiras a favor das entidades públicas” enquanto categoria de tributo
Secção I: As contribuições financeiras na teoria geral do Direito Fiscal
§1. Enquadramento geral
§2. As contribuições financeiras no histórico constitucional
Secção II: As contribuições financeiras e o fenómeno parafiscal
§1. As contribuições financeiras e a sua conexão histórica ao fenómeno da parafiscalidade
§2. A emergência de um Estado Parafiscal e os seus limites
Secção III: As contribuições financeiras e os alicerces da equivalência de grupo
§1. As contribuições financeiras como tributos bilaterais e a parametrização pela equivalência de grupo (“Gruppenäquivalenz”)
§2. Os critérios normativos enunciados pelo BVerfG a propósito das Sonderabgaben e os termos da sua projeção para o universo conceptual das contribuições financeiras
§2.1 A homogeneidade de grupo (“Gruppenhomogenität”)
§2.2 A responsabilidade de grupo (“Gruppenverantwortlichkeit”)
§2.3 A utilidade de grupo (“Gruppennützigkeit”)
§3. A crítica ao défice de escrutínio do TC em torno da utilidade de grupo – em especial, a jurisprudência mais recente em torno da CESE
II: As “demais contribuições financeiras a favor das entidades públicas” e a sua contraposição face às demais categorias de tributos
Secção I: As contribuições financeiras como “tertium genus”
§1. As “demais contribuições financeiras a favor das entidades públicas” no quadro atual da divisão tripartida dos tributos
§2. As contribuições financeiras como tributos bilaterais e a sua distinção face às demais categorias de tributos
§3. Ainda sobre a estrutura normativa das contribuições financeiras de acordo com a jurisprudência do TC
Secção II: Impostos e contribuições financeiras
§1. A distinção face aos impostos
§2. A especial contraposição fase aos impostos de receita consignada – breve referência
§3. Síntese conclusiva
Secção III: Taxas e contribuições financeiras
§1. A distinção face às taxas
§2. A equivalência económica como problema comum a taxas e contribuições financeiras – em especial, a crítica à posição do TC
§3. A síntese oferecida pelo TC no Acórdão n.º 320/16 quanto à dicotomia imposto- taxa e o seu relevo para a delimitação conceptual das contribuições financeiras
Secção IV: Contribuições especiais e contribuições financeiras
§1. A necessária distinção face às contribuições especiais – do arquétipo dos “tributi speciali” (Itália), passando pelas “Beiträge” (Alemanha) até ao caso português
§1.1 As contribuições de melhoria
§1.2 As contribuições por maiores despesas
§2. As contribuições especiais de terceira geração e a necessidade de uma interpretação conforme à CRP do artigo 4.º, n.º 3, da LGT
III: O princípio da legalidade fiscal nas “demais contribuições financeiras a favor das entidades públicas” e o papel do Tribunal Constitucional
Secção I: Um regime de legalidade fiscal para as contribuições financeiras
§1. As contribuições financeiras e o princípio da legalidade fiscal
§2. Da ausência de regime geral ao conjunto de teses interpretativas propostas
§2.1 A tese da inconstitucionalidade por omissão e sujeição à reserva de lei
§2.2 A tese da sanação operacional
§2.3 A tese corretiva formulada pelo TC e as suas expressões sequenciais
§2.3.1 Acórdão n.º 365/08 (taxa de regulação e supervisão da ERC)
§2.3.2 Acórdão n.º 613/08 (ainda a taxa de regulação e supervisão da ERC)
§2.3.3 Acórdão n.º 152/2013 (taxa de utilização do espetro radioelétrico)
§2.3.4 Acórdão n.º 80/2014 (penalizações por emissões excedentárias)
Secção II: O Acórdão n.º 539/2015 do TC e a viragem jurisprudencial em torno do regime formal das contribuições financeiras
§1. O Acórdão n.º 539/2015 e os respetivos efeitos para o regime formal das contribuições financeiras
§2. A ausência de submissão à reserva de lei e os seus fundamentos no confronto com a jurisprudência do TC
§2.1 Uma paridade praeter constitutionem face à inexistência de um regime geral das taxas
§2.2 Uma reserva legislativa concorrente ao nível dos regimes (individuais) das contribuições financeiras
§3. Os efeitos interpretativos associados à ausência de um regime geral das contribuições financeiras
Secção III: O cenário atual em torno do regime formal aplicável às contribuições financeiras
§1. A existência de dois tipos de reserva parlamentar no sistema fiscal português
§2. A reserva de lei aplicável a impostos (e contribuições especiais)
§3. A reserva de lei aplicável a taxas e demais contribuições financeiras a favor das entidades públicas
IV: Os regimes fiscais de base extraordinária na jurisprudência do TC e o seu reflexo para o universo das “demais contribuições financeiras a favor das entidades públicas”
§1. A arquitetura normativa dos tributos extraordinários à luz da jurisprudência do TC
§2. Casos de estudo na jurisprudência do TC e corolários interpretativos para o universo das contribuições “extraordinárias”
§2.1 Acórdão n.º 11/83: o imposto extraordinário sobre rendimentos coletáveis sujeitos a contribuição predial, imposto de capitais e imposto profissional (1981)
§2.2 Acórdão n.º 141/85: o imposto extraordinário sobre lucros realizados em 1982
§2.3 Acórdão n.º 187/2013: a Contribuição Extraordinária de Solidariedade (“CES”)
§2.4 Acórdão n.º 197/2013: derrama municipal
§2.5 Acórdão n.º 430/2016: derrama estadual
§2.6 Acórdão n.º 41/2017: sobretaxa extraordinária de IRS
§2.7 Acórdãos n.os 285/21, 301/21, 303/21, 436/21, 437/21, 438/21 e 756/2021: o retorno ao caso da CESE
JURISPRUDÊNCIA CITADA
BIBLIOGRAFIA

9789726297369

Data sheet

Publisher
AAFDL EDITORA
authors
Filipe de Vasconcelos Fernandes
Reference
9789726297369
Pages
303
Editing Place
Lisboa (2022)

You might also like

Your cookie settings

This store asks you to accept cookies for performance, social media and advertising purposes. Social media and advertising cookies of third parties are used to offer you social media functionalities and personalized ads. Do you accept these cookies and the processing of personal data involved?

Necessary cookies
Necessary cookies help make a website usable by enabling basic functions like page navigation and access to secure areas of the website. The website cannot function properly without these cookies.
Cookie name Provider Purpose Expiry
PHP_SESSID dev.livraria.aafdl.pt This cookie is native to PHP and enables websites to store serialised state data. It is used to establish a user session and to pass state data via a temporary cookie, which is commonly referred to as a session cookie. Session
PrestaShop-# dev.livraria.aafdl.pt This cookie helps keep user sessions open while they are visiting a website, and help them make orders and many more operations such as: cookie add date, selected language, used currency, last product category visited, last seen products, client identification, name, first name, encrypted password, email linked to the account, shopping cart identification. 480 hours
rc::a Google This cookie is used to distinguish between humans and bots. This is beneficial for the website, in order to make valid reports on the use of their website. Persistent
rc::c Google This cookie is used to distinguish between humans and bots. Persistent
Marketing cookies
Marketing cookies are used to track visitors across websites. The intention is to display ads that are relevant and engaging for the individual user and thereby more valuable for publishers and third party advertisers.
Cookie name Provider Purpose Expiry
ads/ga-audiences Google These cookies are used by Google AdWords to re-engage visitors that are likely to convert to customers based on the visitor’s online behaviour across websites. Session
fr Facebook Used by Facebook to deliver a series of advertisement products such as real time bidding from third party advertisers. 3 months
NID Google Registers a unique ID that identifies a returning user's device. The ID is used for targeted ads. 6 months
tr Facebook Used by Facebook to deliver a series of advertisement products such as real time bidding from third party advertisers. Session
VISITOR_INFO1_LIVE youtube.com Tries to estimate the users' bandwidth on pages with integrated YouTube videos. 179 days
YSC youtube.com Registers a unique ID to keep statistics of what videos from YouTube the user has seen. Session
yt-remote-cast-installed youtube.com Stores the user's video player preferences using embedded YouTube video Session
yt-remote-connected-devices youtube.com Stores the user's video player preferences using embedded YouTube video Persistent
yt-remote-device-id youtube.com Stores the user's video player preferences using embedded YouTube video Persistent
yt-remote-fast-check-period youtube.com Stores the user's video player preferences using embedded YouTube video Session
yt-remote-session-app youtube.com Stores the user's video player preferences using embedded YouTube video Session
yt-remote-session-name youtube.com Stores the user's video player preferences using embedded YouTube video Session
_fbp Facebook Used by Facebook to deliver a series of advertisement products such as real time bidding from third party advertisers. 3 months
Performance cookies
Cookies used specifically for gathering data on how visitors use a website, which pages of a website are visited most often, or if they get error messages on web pages. These cookies monitor only the performance of the site as the user interacts with it. These cookies don’t collect identifiable information on visitors, which means all the data collected is anonymous and only used to improve the functionality of a website.
Preference cookies
Preference cookies enable a website to remember information that changes the way the website behaves or looks, like your preferred language or the region that you are in.
Statistic cookies
Statistic cookies help website owners to understand how visitors interact with websites by collecting and reporting information anonymously.
Cookie name Provider Purpose Expiry
collect Google It is used to send data to Google Analytics about the visitor's device and its behavior. Track the visitor across devices and marketing channels. Session
r/collect Google It is used to send data to Google Analytics about the visitor's device and its behavior. Track the visitor across devices and marketing channels. Session
_ga Google Registers a unique ID that is used to generate statistical data on how the visitor uses the website. 2 years
_gat Google Used by Google Analytics to throttle request rate 1 day
_gat_gtag_UA_* Google Used to throttle request rate. 1 minute
_gd# Google This is a Google Analytics Session cookie used to generate statistical data on how you use the website which is removed when you quit your browser. Session
_gid Google Registers a unique ID that is used to generate statistical data on how the visitor uses the website. 1 day
Content not available