search

PLMJ Arbitration Review 02

10,00 €
9,00 € Poupe 10%
Com IVA ENVIO EM 2 A 3 DIAS ÚTEIS
Quantidade

  PAGAMENTO SEGURO

Pagamentos seguros e geridos diretamente pelos bancos. Multibanco, MBWay e Paypal disponíveis.

  EXPEDIÇÃO GRATUITA A PARTIR DE 25€

Em encomendas de valor superior a 25,00€ | Entregas em 2 a 3 dias úteis

  APOIO AO CLIENTE

Estamos disponíveis para esclarecer todas as suas dúvidas.

A PLMJ Arbltratíon Review é uma publicação periódica de arbitragem exclusivamente dedicada à jurisprudência. Tem como missão dar è jurisprudência o devido destaque e atenção que ela merece, assim contribuindo para uma maior perceção dos principais problemas e questões de arbitragem que se encontram a ser discutidos nos tribunais estaduais e arbitrais.

Com uma periodicidade anual, a Revista centra-se na anotação - em diversas línguas - dos principais acórdãos de arbitragem do ano transato, nacionais e internacionais.

Índice

| Pacôme Ziegler - Étendue du contrôle du juge de l'annulation quant au grief de violation de l'ordre public international: des indices précis et concordants d'un revirement jurisprudentiel (Commentaire des arrêts rendus le 21 Février 2017 et 16 Mai 2017 par la cour d'appel de Paris et le 13 Septembre 2017 par la Cour de Cassation)
| Mariana França Gouveia - Adverse Inferences - To draw or not to draw (Cour d'appel de Paris, 28 Février 2017)
| Tiago Duarte - Um campo de golfe na China e uma arbitragem que não chegou a tempo (Ansung housing co, Itd v. Rep. Popular of China de 9 de março de 2017)
| Iñaki Carrera -  Producción de documentos: breve comentário sobre el caso Mobil c. Venezuela (Comité ad hoc CIADI, 09 de Marzo de 2017)
| Telma Pires de Lima -  O dever de fundamentação na sentença arbitral (Acórdão do Supremo Tribunal de Justiça de 16 de março de 2017)
| Mariana Carvalho -  Alocação de custos em arbitragem - Haverá luz ao fundo do túnel? (Acórdão do Tribunal da relação de Lisboa de 16 de março de 2017)
| José-Miguel Júdice / João Tornada - The separability of arbitration agreements in public tenders: Do birds of a (different) feather flock (and fall) together? (Portuguese Supreme Court of Justice's Judgment of 6 April 2017)
| Betyna Heidrich Jaques - O caso abengoa: Indícios de uma nova política na homologação de sentenças arbitrais estrangeiras? (SEC NO. 9.412/US do STJ Brasileiro de 19 de abril de 2017)
| António Pedro Pinto Monteiro -  O due process na arbitragem desportiva do TAS/CAS - Sentido, alcance e (frequentes) confusões na matéria (Acórdão do Tribunal Federal Suíço de 25 de julho de 2017)
|  Ana Coimbra Trigo - Expedited procedures: A party autonomy paradox in the making? (Shanghai no. 1 intermediate people's court judgement of 11 August 2017)
| Joana Schmid Moura - „Bitte ein Bit?" Die (un)vereinbarkeit von Schiedsklauseln in intra-EU bits mit dem unionsrecht (Von den schlussanträgen des generalanwalts Wathelet bis zum urteil des eughs in der rechtssache c-284/16 Slowakische Republik / achmea bv)
"To Bit or not to Bit?" The (in)compatibility of arbitration clauses in intra-EU bits with EU law (From the opinion of advocate general Wathelet to the Judgment of the Court of Justice in case c-284/16 Slovak Republic v achmea bv)
| Carla Góis Coelho / Leonor Caldeira - A condenação genérica em processo arbitral (Acórdão do Tribunal da Relação de Lisboa de 09 de novembro de 2017)

5606939009227

Ficha informativa

Editor
AAFDL EDITORA
Autor(es)
Direção de António Pedro Pinto Monteiro e Iñaki Carrera
Referência
5606939009227
Páginas
141
Local de Edição
Lisboa (2020)
Observações
Publicação Anual

Este website utiliza Cookies

Ao clicar em "Aceitar todos os cookies", concorda com o armazenamento de cookies no seu dispositivo para melhorar a navegação no site, analisar a utilização do site e ajudar nas nossas iniciativas de marketing.

Cookies necessários
Os cookies necessários ajudam a tornar um website útil, permitindo funções básicas, como a navegação e o acesso à página para proteger áreas do website. O website pode não funcionar corretamente sem estes cookies.
Nome do cookie Fornecedor Objetivo Termo
PHP_SESSID dev.livraria.aafdl.pt Este cookie é nativo do PHP e permite que sites armazenem dados de estado serializados. Ele é usado para estabelecer uma sessão de usuário e para passar dados de estado por meio de um cookie temporário, comumente referido como um cookie de sessão. Sessão
PrestaShop-# dev.livraria.aafdl.pt Este cookie ajuda a manter as sessões do usuário abertas enquanto eles estão visitando um site, e os ajuda a fazer pedidos e muitas outras operações, como: data de adição do cookie, idioma selecionado, moeda usada, última categoria de produto visitada, produtos vistos pela última vez, identificação do cliente, nome, nome, senha criptografada, e-mail vinculado à conta, identificação do carrinho de compras. 480 horas
rc::a Google Este cookie é usado para distinguir humanos de robôs. Isso é benéfico para o site criar relatórios válidos sobre o uso de seu site. Persistente
rc::c Google Este cookie é usado para distinguir entre humanos e bots. Persistente
Cookies de desempenho
Cookies usados especificamente para coletar dados sobre como os visitantes usam um site, quais páginas de um site são visitadas com mais frequência ou se eles recebem mensagens de erro em páginas da web. Esses cookies monitoram apenas o desempenho do site à medida que o usuário interage com ele. Esses cookies não coletam informações identificáveis sobre os visitantes, o que significa que todos os dados coletados são anônimos e usados apenas para melhorar a funcionalidade de um site.
Cookies de estatística
Os cookies de estatística ajudam os proprietários de websites a entenderem como os visitantes interagem com os websites, recolhendo e divulgando informações de forma anónima.
Nome do cookie Fornecedor Objetivo Termo
collect Google Ele é usado para enviar dados ao Google Analytics sobre o dispositivo do visitante e seu comportamento. Rastreie o visitante em dispositivos e canais de marketing. Sessão
r/collect Google Ele é usado para enviar dados ao Google Analytics sobre o dispositivo do visitante e seu comportamento. Rastreie o visitante em dispositivos e canais de marketing. Sessão
_ga Google Registra um ID exclusivo que é usado para gerar dados estatísticos sobre como o visitante usa o site. 2 anos
_gat Google Usado pelo Google Analytics para controlar a taxa de solicitação 1 dia
_gat_gtag_UA_* Google Usado para controlar a taxa de solicitação. 1 minuto
_gd# Google Este é um cookie de sessão do Google Analytics usado para gerar dados estatísticos sobre como você usa o site, que são removidos quando você fecha o navegador. Sessão
_gid Google Registra um ID exclusivo que é usado para gerar dados estatísticos sobre como o visitante usa o site. 1 dia
Cookies de marketing
Os cookies de marketing são utilizados para seguir os visitantes pelos websites. A intenção é exibir anúncios que sejam relevantes e apelativos para o utilizador individual e, logo, mais valiosos para os editores e anunciantes independentes.
Nome do cookie Fornecedor Objetivo Termo
ads/ga-audiences Google Esses cookies são usados pelo Google AdWords para reconquistar visitantes que provavelmente se converterão em clientes com base no comportamento online do visitante nos sites. Sessão
fr Facebook Usado pelo Facebook para entregar uma série de produtos de publicidade, como lances em tempo real de anunciantes terceiros. 3 meses
NID Google Registra um ID exclusivo que identifica o dispositivo de um usuário recorrente. O ID é usado para anúncios direcionados. 6 meses
tr Facebook Usado pelo Facebook para entregar uma série de produtos de publicidade, como lances em tempo real de anunciantes terceiros. Sessão
VISITOR_INFO1_LIVE youtube.com Tenta estimar a largura de banda dos usuários em páginas com vídeos integrados do YouTube. 179 dias
YSC youtube.com Registra um ID único para manter estatísticas de quais vídeos do YouTube o usuário viu. Sessão
yt-remote-cast-installed youtube.com Armazena as preferências do player de vídeo do usuário usando o vídeo do YouTube incorporado. Sessão
yt-remote-connected-devices youtube.com Armazena as preferências do player de vídeo do usuário usando o vídeo do YouTube incorporado. Persistente
yt-remote-device-id youtube.com Armazena as preferências do player de vídeo do usuário usando o vídeo do YouTube incorporado. Persistente
yt-remote-fast-check-period youtube.com Armazena as preferências do player de vídeo do usuário usando o vídeo do YouTube incorporado. Sessão
yt-remote-session-app youtube.com Armazena as preferências do player de vídeo do usuário usando o vídeo do YouTube incorporado. Sessão
yt-remote-session-name youtube.com Armazena as preferências do player de vídeo do usuário usando o vídeo do YouTube incorporado. Sessão
_fbp Facebook Usado pelo Facebook para entregar uma série de produtos de publicidade, como lances em tempo real de anunciantes terceiros. 3 meses
Cookies de preferência
Os cookies de preferência permitem que um website memorize as informações que mudam o comportamento ou o aspeto do website, como o seu idioma preferido ou a região em que se você encontra.
Conteúdo não disponível