search

A Teoria Pura do Direito de Kelsen

Quantidade

Aceder à Versão E-book
  PAGAMENTO SEGURO

Pagamentos seguros e geridos diretamente pelos bancos. Multibanco, MBWay e Paypal disponíveis.

  EXPEDIÇÃO GRATUITA A PARTIR DE 25€

Em encomendas de valor superior a 25,00€ | Entregas em 2 a 3 dias úteis

  APOIO AO CLIENTE

Estamos disponíveis para esclarecer todas as suas dúvidas.

Apresentação

O presente livro reúne parte das exposições que fiz num Seminário de 3o Ciclo por mim orientado na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa no ano lectivo de 2013-2014 e que tinha por objecto o estudo das principais linhas de desenvolvimento do positivismo jurídico de inspiração analítica no século XX, isto é, as obras de Hans Kelsen (1881-1973), Alf Ross (1899-1979) e Herbert Hart (1907-1992).
Para efeitos de uma leitura mais fácil, resolvi autonomizar as exposições relativas à Teoria Pura do Direito de Kelsen, que são agora dadas à estampa. A forma e a sequência do texto estão determinadas pelo seu propósito didáctico. O mesmo se diga do aparelho das notas, eventualmente excessivo e pormenorizado, que visa, tão-somente, servir de apoio a investigações futuras por parte dos alunos a quem o tema possa suscitar algum interesse.
Porquê esta recapitulação geral dos aspectos principais da obra de Hans Kelsen? Na obra de Kelsen sedimenta-se a investigação levada a cabo pela Teoria do Direito continental dos finais do século XIX e inícios do século XX - documentada nas obras de autores como Adolf Merkel (1836-1896), Karl Bergbohm (1849-1927), Ernst Rudolf Bierling (1841-1919) e Felix Somló (1873-1920), entre outros. Por outro lado, o desenvolvimento ao longo do século XX do positivismo jurídico de inspiração analítica teve sempre como base um diálogo implícito ou explícito com a obra de Kelsen. Além disso, e muito principalmente, a familiarização com a Teoria Pura do Direito de Kelsen constitui uma espécie de propedêutica ao estudo dos temas em que consiste o objecto específico da disciplina conhecida como "Teoria do Direito", a saber: /') a teoria da norma e a análise dos diferentes tipos de normas jurídicas; ií) a teoria do sistema jurídico; iií) as relações entre sistemas jurídicos (relações espaciais, temporais e materiais); iv) a teoria dos conceitos jurídicos fundamentais ("direito", "dever", "sanção", "responsabilidade", etc.).
Apesar dos objectivos do Seminário se centrarem na abordagem das questões centrais da Teoria do Direito, achou-se conveniente fazer uma alusão à multiplicidade dos interesses intelectuais de Kelsen e, em particular, ao relativismo da sua filosofia, de cariz anti-metafísico, não religioso e céptico e às consequências que no plano político ele retira dessa filosofia: a defesa da Democracia parlamentar como a melhor forma de convivência política e cívica.
De entre muitos Mestres e Colegas, quero deixar aqui, em registo de agradecimento, algumas referências especiais: a José dc Sousa e Brito, que, nos finais dos anos 70 do século XX, deu um novo fôlego à investigação e ao ensino da Filosofia do Direito na nossa Faculdade; a Lourival Vilanova (1915-2001), Professor da Universidade do Recife, de quem tive o privilégio de ser assistente, no ano já longínquo de 1982, num semestre em que esteve como Professor convidado na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa - Lourival Vilanova é hoje um autor injustamente negligenciado: o seu livro As Estruturas Lógicas e o Sistema do Direito Positivo (São Paulo, 1977) constitui, a meu ver, uma das obras mais notáveis publicadas em língua portuguesa no século XX no âmbito da Filosofia e Teoria do Direito, mesmo que se considere o seu kelsenianismo de base fcnomenológica como uma reminiscência de perspectivas situadas, basicamente, na primeira metade do século passado; a Mario Losano, Professor jubilado da Universidade de Turim, e a Clemens Jabloner, anterior Presidente do Supremo Tribunal Administrativo austríaco e co-director do Instituto Hans Kelsen de Viena, agradeço muita da informação sobre a vida e a personalidade de Kelsen; por fim, mas não por último, ao António Menezes Cordeiro e ao Miguel Teixeira de Sousa - iniciamos ao mesmo tempo, no ano lectivo de 1976-1977, a nossa actividade docente na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa -quero agradecer a motivação constante no sentido de que a dispersão por outras actividades não implicasse a diminuição do meu interesse pela docência e pela investigação.

9789726292883

Ficha informativa

Editor
AAFDL EDITORA
Autor(es)
José Lamego
Referência
9789726292883
Páginas
244
Local de Edição
Lisboa (2019)

Este website utiliza Cookies

Ao clicar em "Aceitar todos os cookies", concorda com o armazenamento de cookies no seu dispositivo para melhorar a navegação no site, analisar a utilização do site e ajudar nas nossas iniciativas de marketing.

Cookies necessários
Os cookies necessários ajudam a tornar um website útil, permitindo funções básicas, como a navegação e o acesso à página para proteger áreas do website. O website pode não funcionar corretamente sem estes cookies.
Nome do cookie Fornecedor Objetivo Termo
PHP_SESSID dev.livraria.aafdl.pt Este cookie é nativo do PHP e permite que sites armazenem dados de estado serializados. Ele é usado para estabelecer uma sessão de usuário e para passar dados de estado por meio de um cookie temporário, comumente referido como um cookie de sessão. Sessão
PrestaShop-# dev.livraria.aafdl.pt Este cookie ajuda a manter as sessões do usuário abertas enquanto eles estão visitando um site, e os ajuda a fazer pedidos e muitas outras operações, como: data de adição do cookie, idioma selecionado, moeda usada, última categoria de produto visitada, produtos vistos pela última vez, identificação do cliente, nome, nome, senha criptografada, e-mail vinculado à conta, identificação do carrinho de compras. 480 horas
rc::a Google Este cookie é usado para distinguir humanos de robôs. Isso é benéfico para o site criar relatórios válidos sobre o uso de seu site. Persistente
rc::c Google Este cookie é usado para distinguir entre humanos e bots. Persistente
Cookies de desempenho
Cookies usados especificamente para coletar dados sobre como os visitantes usam um site, quais páginas de um site são visitadas com mais frequência ou se eles recebem mensagens de erro em páginas da web. Esses cookies monitoram apenas o desempenho do site à medida que o usuário interage com ele. Esses cookies não coletam informações identificáveis sobre os visitantes, o que significa que todos os dados coletados são anônimos e usados apenas para melhorar a funcionalidade de um site.
Cookies de estatística
Os cookies de estatística ajudam os proprietários de websites a entenderem como os visitantes interagem com os websites, recolhendo e divulgando informações de forma anónima.
Nome do cookie Fornecedor Objetivo Termo
collect Google Ele é usado para enviar dados ao Google Analytics sobre o dispositivo do visitante e seu comportamento. Rastreie o visitante em dispositivos e canais de marketing. Sessão
r/collect Google Ele é usado para enviar dados ao Google Analytics sobre o dispositivo do visitante e seu comportamento. Rastreie o visitante em dispositivos e canais de marketing. Sessão
_ga Google Registra um ID exclusivo que é usado para gerar dados estatísticos sobre como o visitante usa o site. 2 anos
_gat Google Usado pelo Google Analytics para controlar a taxa de solicitação 1 dia
_gat_gtag_UA_* Google Usado para controlar a taxa de solicitação. 1 minuto
_gd# Google Este é um cookie de sessão do Google Analytics usado para gerar dados estatísticos sobre como você usa o site, que são removidos quando você fecha o navegador. Sessão
_gid Google Registra um ID exclusivo que é usado para gerar dados estatísticos sobre como o visitante usa o site. 1 dia
Cookies de marketing
Os cookies de marketing são utilizados para seguir os visitantes pelos websites. A intenção é exibir anúncios que sejam relevantes e apelativos para o utilizador individual e, logo, mais valiosos para os editores e anunciantes independentes.
Nome do cookie Fornecedor Objetivo Termo
ads/ga-audiences Google Esses cookies são usados pelo Google AdWords para reconquistar visitantes que provavelmente se converterão em clientes com base no comportamento online do visitante nos sites. Sessão
fr Facebook Usado pelo Facebook para entregar uma série de produtos de publicidade, como lances em tempo real de anunciantes terceiros. 3 meses
NID Google Registra um ID exclusivo que identifica o dispositivo de um usuário recorrente. O ID é usado para anúncios direcionados. 6 meses
tr Facebook Usado pelo Facebook para entregar uma série de produtos de publicidade, como lances em tempo real de anunciantes terceiros. Sessão
VISITOR_INFO1_LIVE youtube.com Tenta estimar a largura de banda dos usuários em páginas com vídeos integrados do YouTube. 179 dias
YSC youtube.com Registra um ID único para manter estatísticas de quais vídeos do YouTube o usuário viu. Sessão
yt-remote-cast-installed youtube.com Armazena as preferências do player de vídeo do usuário usando o vídeo do YouTube incorporado. Sessão
yt-remote-connected-devices youtube.com Armazena as preferências do player de vídeo do usuário usando o vídeo do YouTube incorporado. Persistente
yt-remote-device-id youtube.com Armazena as preferências do player de vídeo do usuário usando o vídeo do YouTube incorporado. Persistente
yt-remote-fast-check-period youtube.com Armazena as preferências do player de vídeo do usuário usando o vídeo do YouTube incorporado. Sessão
yt-remote-session-app youtube.com Armazena as preferências do player de vídeo do usuário usando o vídeo do YouTube incorporado. Sessão
yt-remote-session-name youtube.com Armazena as preferências do player de vídeo do usuário usando o vídeo do YouTube incorporado. Sessão
_fbp Facebook Usado pelo Facebook para entregar uma série de produtos de publicidade, como lances em tempo real de anunciantes terceiros. 3 meses
Cookies de preferência
Os cookies de preferência permitem que um website memorize as informações que mudam o comportamento ou o aspeto do website, como o seu idioma preferido ou a região em que se você encontra.
Conteúdo não disponível