search

Coletânea de Legislação sobre Cibercrime e Prova Digital

€25.00
€22.50 Save 10%
VAT included
Quantity

  SAFE PAYMENT

Secure payments directly managed by banks. ATM, MBWay and Paypal available.

  FREE SHIPPING FROM 25€

On orders over €25.00 | Delivery in 2 to 3 working days

  CUSTOMER SUPPORT

We are available to clarify all your doubts.

A presente publicação surge com o primeiro e principal objectivo de estabelecer um ponto de situação actualizado e consolidado sobre o quadro jurídico vigente em matéria de cibercrime e prova digital. A selecção dos elementos aqui compilados foi orientada por critérios de pertinência teórica e relevância prática que visam dar a conhecer aos interessados nestas áreas alguns dos elementos imprescindíveis para o desenvolvimento do estudo e da prática do direito penal e processual penal no âmbito informático.
Para além de proporcionar uma visão desejavelmente panorâmica e compreensiva sobre o quadro normativo vigente neste campo, a presente publicação visa ainda responder a uma lacuna há muito sentida pelo organizador e que se procura agora ultrapassar facultando finalmente aos práticos do Direito acesso fácil, imediato e sistematizado ao quadro jurídico essencial aplicável em meio forense, e que assumirá especial interesse e acuidade, em particular, no contexto de realização de diligências processuais de natureza intrusiva.

ÍNDICE

Fontes nacionais
I. Diplomas gerais
1. Lei do Cibercrime (Lei n.º 109/2009, de 15 de setembro)
2. Código de Processo Penal (disposições relevantes)

II. Disposições processuais
a) Segredo de advogado e de jornalista
1. Lei n.º 145/2015, de 9 de setembro – Estatuto da Ordem dos Advogados (disposições relevantes)
2. Lei n.º 1/99, de 1 de janeiro – Estatuto do Jornalista (disposição relevante)
b) Dados de tráfego e de localização
1. Lei n.º 32/2008, de 17 de julho – Regime da conservação de dados gerados ou tratados no contexto da oferta de serviços de comunicações eletrónicas
2. Lei n.º 41/2004, de 18 de agosto – Regime da proteção de dados pessoais e privacidade nas telecomunicações (disposições relevantes)
3. Portaria n.º 469/2009, de 6 de maio – Estabelece as condições técnicas e de segurança do tratamento de dados de tráfego
c) Meios de obtenção de prova e perda alargada
1. Lei n.º 101/2001, de 25 de agosto – Regime jurídico das ações encobertas para fins de prevenção e investigação criminal
2. Lei n.º 5/2002, de 11 de janeiro – Estabelece medidas de combate à criminalidade organizada e económico-financeira
d) Deveres de prestadores intermediários de serviços
1. Decreto-Lei n.º 7/2004, de 7 de janeiro – Regime do comércio eletrónico no mercado interno e tratamento de dados pessoais
e) Cooperação judiciária internacional
1. Lei n.º 144/99, de 31 de agosto – Lei da cooperação judiciária internacional em matéria penal (disposições relevantes)
2. Lei n.º 88/2017, de 21 de agosto – Decisão Europeia de Investigação
em Matéria Penal

III. Disposições penais
1. Código Penal
a) Violência doméstica – Artigo 152.º
b) Crimes contra a autodeterminação sexual
c) Crimes contra a reserva da vida privada
d) Burla informática e nas comunicações – Artigo 221.º
e) Branqueamento – Artigo 368.º-A
2. Lei da Proteção de Dados Pessoais (Lei n.º 58/2019, de 8 de agosto)
3. Código do Direito de Autor e dos Direitos Conexos
4. Regime Geral das Infrações Tributárias

IV. Cibersegurança
1. Lei n.º 46/2018, de 13 de agosto – Regime jurídico da segurança do ciberespaço
V. Notas práticas do Gabinete de Cibercrime
1. Nota prática n.º 1/2012 – O endereço IP e a identificação do seu utilizador
2. Nota prática n.º 3/2014 – Pedidos de informações a fornecedores de serviços Internet dos Estados Unidos da América – pedidos à Google, à Facebook e à Microsoft – pedidos de cooperação internacional para os EUA
3. Nota prática n.º 4/2014 – Pedidos de informação à Google, à Facebook e à Microsoft
4. Nota prática n.º 8/2016 – Pedido de dados a operadores de comunicações
5. Nota prática n.º 14/2019 – Pedidos de informação à Google
6. Nota prática n.º 18/2020 – Pedidos de informações à Microsoft
7. Nota prática n.º 19/2020 – Pedidos de informações à Microsoft

FONTES INTERNACIONAIS
1. Diretiva (UE) 2016/1148 do Parlamento Europeu e do Conselho de 6 de julho de 2016 relativa a medidas destinadas a garantir um elevado nível comum de segurança das redes e da informação em toda a União
2. Diretiva 2013/40/UE do Parlamento Europeu e do Conselho, de 12 de agosto de 2013, relativa a ataques contra os sistemas de informação e que substitui a Decisão-Quadro 2005/222/JAI do Conselho
3. Diretiva 2006/24/CE, de 15 de março de 2006, relativa à conservação de dados gerados ou tratados no contexto da oferta de serviços de comunicações eletrónicas publicamente disponíveis ou de redes públicas de comunicações, e que altera a Directiva 2002/58/CE
4. Diretiva 2002/58/CE do Parlamento Europeu e do Conselho, de 12 de julho de 2002, relativa ao tratamento de dados pessoais e à proteção da privacidade no setor das comunicações eletrónicas (disposições relevantes)
5. Jurisprudência relevante (sumários)
a) Acórdão Digital Rights Ireland Ltd contra Minister for Communications, Marine and Natural Resources e o. e Kärntner Landesregierung
b) Acórdão Tele2 Sverige AB contra Post-och telestyrelsen e Secretary of State for the Home Department contra Tom Watson e o
c) Acórdão Privacy International contra Secretary of State for Foreign and Commonwealth Affairs e o
6. Convenção sobre o Cibercrime
7. Protocolo Adicional à Convenção sobre o Cibercrime Relativo à Incriminação de Atos de Natureza Racista e Xenófoba Praticados através de Sistemas Informáticos
8. Relatório explicativo da Convenção sobre o Cibercrime

9789726296218

Data sheet

authors
David Silva Ramalho
Reference
9789726296218
Pages
493
Editing Place
Lisboa (2021)
Publisher
AAFDL EDITORA
Your cookie settings

This store asks you to accept cookies for performance, social media and advertising purposes. Social media and advertising cookies of third parties are used to offer you social media functionalities and personalized ads. Do you accept these cookies and the processing of personal data involved?

Necessary cookies
Necessary cookies help make a website usable by enabling basic functions like page navigation and access to secure areas of the website. The website cannot function properly without these cookies.
Cookie name Provider Purpose Expiry
PHP_SESSID dev.livraria.aafdl.pt This cookie is native to PHP and enables websites to store serialised state data. It is used to establish a user session and to pass state data via a temporary cookie, which is commonly referred to as a session cookie. Session
PrestaShop-# dev.livraria.aafdl.pt This cookie helps keep user sessions open while they are visiting a website, and help them make orders and many more operations such as: cookie add date, selected language, used currency, last product category visited, last seen products, client identification, name, first name, encrypted password, email linked to the account, shopping cart identification. 480 hours
rc::a Google This cookie is used to distinguish between humans and bots. This is beneficial for the website, in order to make valid reports on the use of their website. Persistent
rc::c Google This cookie is used to distinguish between humans and bots. Persistent
Marketing cookies
Marketing cookies are used to track visitors across websites. The intention is to display ads that are relevant and engaging for the individual user and thereby more valuable for publishers and third party advertisers.
Cookie name Provider Purpose Expiry
ads/ga-audiences Google These cookies are used by Google AdWords to re-engage visitors that are likely to convert to customers based on the visitor’s online behaviour across websites. Session
fr Facebook Used by Facebook to deliver a series of advertisement products such as real time bidding from third party advertisers. 3 months
NID Google Registers a unique ID that identifies a returning user's device. The ID is used for targeted ads. 6 months
tr Facebook Used by Facebook to deliver a series of advertisement products such as real time bidding from third party advertisers. Session
VISITOR_INFO1_LIVE youtube.com Tries to estimate the users' bandwidth on pages with integrated YouTube videos. 179 days
YSC youtube.com Registers a unique ID to keep statistics of what videos from YouTube the user has seen. Session
yt-remote-cast-installed youtube.com Stores the user's video player preferences using embedded YouTube video Session
yt-remote-connected-devices youtube.com Stores the user's video player preferences using embedded YouTube video Persistent
yt-remote-device-id youtube.com Stores the user's video player preferences using embedded YouTube video Persistent
yt-remote-fast-check-period youtube.com Stores the user's video player preferences using embedded YouTube video Session
yt-remote-session-app youtube.com Stores the user's video player preferences using embedded YouTube video Session
yt-remote-session-name youtube.com Stores the user's video player preferences using embedded YouTube video Session
_fbp Facebook Used by Facebook to deliver a series of advertisement products such as real time bidding from third party advertisers. 3 months
Performance cookies
Cookies used specifically for gathering data on how visitors use a website, which pages of a website are visited most often, or if they get error messages on web pages. These cookies monitor only the performance of the site as the user interacts with it. These cookies don’t collect identifiable information on visitors, which means all the data collected is anonymous and only used to improve the functionality of a website.
Preference cookies
Preference cookies enable a website to remember information that changes the way the website behaves or looks, like your preferred language or the region that you are in.
Statistic cookies
Statistic cookies help website owners to understand how visitors interact with websites by collecting and reporting information anonymously.
Cookie name Provider Purpose Expiry
collect Google It is used to send data to Google Analytics about the visitor's device and its behavior. Track the visitor across devices and marketing channels. Session
r/collect Google It is used to send data to Google Analytics about the visitor's device and its behavior. Track the visitor across devices and marketing channels. Session
_ga Google Registers a unique ID that is used to generate statistical data on how the visitor uses the website. 2 years
_gat Google Used by Google Analytics to throttle request rate 1 day
_gat_gtag_UA_* Google Used to throttle request rate. 1 minute
_gd# Google This is a Google Analytics Session cookie used to generate statistical data on how you use the website which is removed when you quit your browser. Session
_gid Google Registers a unique ID that is used to generate statistical data on how the visitor uses the website. 1 day
Content not available