search

Derrotabilidade Normativa e Normas Administrativas Parte I

O ENQUADRAMENTO DAS NORMAS REGULAMENTARES NA TEORIA DOS CONFLITOS NORMATIVOS

€40.00
€36.00 Save 10%
VAT included
Quantity

Aceder à Versão E-book
  SAFE PAYMENT

Secure payments directly managed by banks. ATM, MBWay and Paypal available.

  FREE SHIPPING FROM 25€

On orders over €25.00 | Delivery in 2 to 3 working days

  CUSTOMER SUPPORT

We are available to clarify all your doubts.

Sumário executivo:

A presente dissertação teoriza a derrotabilidade normativa, aplicando-a aos conflitos entre normas da função administrativa. O recurso à teoria da derrotabilidade das normas visa apurar as condições, delimitando-as, em que o accionamento da previsão é insuficiente para que a estatuição se lhe siga. Sustenta-se que os efeitos de todas as normas podem, mediante determinadas condições, ser derrotados em função de outras normas. Trata-se de uma propriedade disposicional das normas, que existe em função de estas serem factual e normativamente contextualizadas.
Sendo a separação de poderes uma norma, daqui decorre, por consequência, que é derrotável. E é precisamente a compressão dos seus efeitos, em função dessa derrotabilidade, que justifica a existência de competências normativas no âmbito de uma função (tendencialmente) secundária do Estado, com propriedades semelhantes às funções (tendencialmente) primárias.
Ora, todas as normas regulamentares (mesmo as tradicionalmente caracterizadas como meramente executivas) acrescentam condições a normas hierarquicamente superiores. Ao fazê-lo, refinam as condições das normas superiores e têm, necessariamente, um efeito restritivo destas últimas ou do espectro linguístico dos seus enunciados. Nesta medida, compreende--se que operem no quadro de uma legalidade de compatibilidade e não de conformidade, sob pena de redundância normativa.
O ordenamento compreende normas gerais e especiais que resolvem conflitos entre outras normas, incluindo entre normas de conflitos. Estes conflitos podem ser resolúveis ou irresolúveis; no segundo caso, é necessário recorrer à ponderação como instrumento de sugestão do direito aplicável ao caso.
Todas estas hipóteses são testadas no ordenamento jurídico-administrativo português, caracterizado por uma pluralidade de centros de produção regulamentar dispersos pelos vários tipos de administração e pelo reduzido número de normas de conflitos. Neste contexto, aproveita-se para desmistificar duas asserções que pontificam na ciência jurídico-administrativa nacional: a inderrogabilidade singular dos regulamentos e o dogma de que a aplicação de normas de conflitos pela administração pública importa necessariamente uma fiscalização da validade da norma "desaplicada".

Palavras-chave:

Derrotabilidade normativa - conflitos normativos - sobre-inclusividade normativa - normas de competência - normas regulamentares - separação de poderes - função administrativa - discricionariedade - ponderação

PARTE I
A ESTRUTURA DA NORMA E A DERROTABILIDADE NORMATIVA

1. Introdução e delimitação do tema
2. A ciência jurídica: objecto e escolha metodológica
2.1. O direito como objecto da ciência jurídica
2.2. O metadiscurso descritivo da ciência jurídica
2.3. O positivismo metodológico na abordagem cientifica
2.4. A situação da lógica na realização da ciência jurídica

3. A estrutura da norma jurídica
3.1. A norma como unidade deôntica
3.2. A previsão
3.3. O operador deôntico
3.4. A estatuição

4. Normas de competência e criação jurídica
4.1. Teorias sobre as normas de competência
4.2. A teoria permissivista das normas de competência: analise critica
4.3. Normas de competência como normas constitutivas
4.4. Interpretação de enunciados sobre o exercício da competência
4.5. Modalidades de normas de competência

5. Normas de regra e normas de princípio
5.1. A refutação dos principais critérios distintivos
5.2. A genericidade da previsão dos princípios como critério distintivo

6. Validade e existência de normas jurídicas
6.1. Teorias sobre a validade das normas jurídicas
6.2. Existência e validade sistémicas: condições de pertença ao conjunto

7. A derrotabilidade normativa
7.1. A conexão de implicação normativa entre a previsão e a estatuição
7.2. A derrotabilidade normativa: enquadramento da não monotonicidade

Parte I – A estrutura da norma e a derrotabilidade normativa
7.3. Derrotabilidade normativa externa e interna
7.4. A derrotabilidade na sobre- e sub-inclusividade normativas
7.5. A tipologia de condições normativas na derrotabilidade normativa
7.6. A negação da derrotabilidade interna na afirmação da derrotabilidade externa

8. Sistema jurídico e conflitos normativos
8.1. As condições para os conflitos normativos
8.2. Classificações de conflitos normativos pelo âmbito de relação previsiva
8.3. Os conflitos normativos entre a contingência e a
necessidade
8.4. Normas com efeitos de resolução sobre conflitos normativos
8.5. Delimitação dos conflitos resolúveis pelo ordenamento e relações entre normas de conflitos
8.6. Irresolubilidade conflitual e derrotas por ponderação

Índice Ideográfico

9789726292784

Data sheet

Publisher
AAFDL | LISBON LAW EDITIONS
authors
Pedro Moniz Lopes
Reference
9789726292784
Pages
419
Editing Place
Lisboa (2019)

You might also like

Your cookie settings

This store asks you to accept cookies for performance, social media and advertising purposes. Social media and advertising cookies of third parties are used to offer you social media functionalities and personalized ads. Do you accept these cookies and the processing of personal data involved?

Necessary cookies
Necessary cookies help make a website usable by enabling basic functions like page navigation and access to secure areas of the website. The website cannot function properly without these cookies.
Cookie name Provider Purpose Expiry
PHP_SESSID dev.livraria.aafdl.pt This cookie is native to PHP and enables websites to store serialised state data. It is used to establish a user session and to pass state data via a temporary cookie, which is commonly referred to as a session cookie. Session
PrestaShop-# dev.livraria.aafdl.pt This cookie helps keep user sessions open while they are visiting a website, and help them make orders and many more operations such as: cookie add date, selected language, used currency, last product category visited, last seen products, client identification, name, first name, encrypted password, email linked to the account, shopping cart identification. 480 hours
rc::a Google This cookie is used to distinguish between humans and bots. This is beneficial for the website, in order to make valid reports on the use of their website. Persistent
rc::c Google This cookie is used to distinguish between humans and bots. Persistent
Marketing cookies
Marketing cookies are used to track visitors across websites. The intention is to display ads that are relevant and engaging for the individual user and thereby more valuable for publishers and third party advertisers.
Cookie name Provider Purpose Expiry
ads/ga-audiences Google These cookies are used by Google AdWords to re-engage visitors that are likely to convert to customers based on the visitor’s online behaviour across websites. Session
fr Facebook Used by Facebook to deliver a series of advertisement products such as real time bidding from third party advertisers. 3 months
NID Google Registers a unique ID that identifies a returning user's device. The ID is used for targeted ads. 6 months
tr Facebook Used by Facebook to deliver a series of advertisement products such as real time bidding from third party advertisers. Session
VISITOR_INFO1_LIVE youtube.com Tries to estimate the users' bandwidth on pages with integrated YouTube videos. 179 days
YSC youtube.com Registers a unique ID to keep statistics of what videos from YouTube the user has seen. Session
yt-remote-cast-installed youtube.com Stores the user's video player preferences using embedded YouTube video Session
yt-remote-connected-devices youtube.com Stores the user's video player preferences using embedded YouTube video Persistent
yt-remote-device-id youtube.com Stores the user's video player preferences using embedded YouTube video Persistent
yt-remote-fast-check-period youtube.com Stores the user's video player preferences using embedded YouTube video Session
yt-remote-session-app youtube.com Stores the user's video player preferences using embedded YouTube video Session
yt-remote-session-name youtube.com Stores the user's video player preferences using embedded YouTube video Session
_fbp Facebook Used by Facebook to deliver a series of advertisement products such as real time bidding from third party advertisers. 3 months
Performance cookies
Cookies used specifically for gathering data on how visitors use a website, which pages of a website are visited most often, or if they get error messages on web pages. These cookies monitor only the performance of the site as the user interacts with it. These cookies don’t collect identifiable information on visitors, which means all the data collected is anonymous and only used to improve the functionality of a website.
Preference cookies
Preference cookies enable a website to remember information that changes the way the website behaves or looks, like your preferred language or the region that you are in.
Statistic cookies
Statistic cookies help website owners to understand how visitors interact with websites by collecting and reporting information anonymously.
Cookie name Provider Purpose Expiry
collect Google It is used to send data to Google Analytics about the visitor's device and its behavior. Track the visitor across devices and marketing channels. Session
r/collect Google It is used to send data to Google Analytics about the visitor's device and its behavior. Track the visitor across devices and marketing channels. Session
_ga Google Registers a unique ID that is used to generate statistical data on how the visitor uses the website. 2 years
_gat Google Used by Google Analytics to throttle request rate 1 day
_gat_gtag_UA_* Google Used to throttle request rate. 1 minute
_gd# Google This is a Google Analytics Session cookie used to generate statistical data on how you use the website which is removed when you quit your browser. Session
_gid Google Registers a unique ID that is used to generate statistical data on how the visitor uses the website. 1 day
Content not available