Interpretatio Prudentium - III, 2018, 2

25,00 €
22,50 € Poupa 10%
Com IVA | ENTREGAS: 1 A 3 DIAS UTÉIS (EM REGRA)
Quantidade

  • Entrega gratuita em Portugal a partir de 25€ Entrega gratuita em Portugal a partir de 25€

ÍNDICE . INDICE . CONTENTS

EDITORIAIS . EDITORIALI . EDITORIALS
| A Interpretatio Prudentium e o ensino universitário do Direito na Europa - EDUARDO VERA-CRUZ PINTO
| Em defesa da cultura romanística italiana como património comum - CHRISTIAN BALDUS

ARTIGO . ARTICOLI . ARTICLES
| Extranjeros ante tribunales romanos - CHRISTIAN BALDUS
| La represión penal en las XII Tablas: entre tradición y modernidad - JOSÉ ANTONIO GONZÁLEZ ROMANILLOS
| Sobre la originaria noción de la familia romana - MIGUEL HERRERO MEDINA
| Seria autocrático um monolinguismo obrigatório. A pluralidade linguística deve ser fomentada na ciência, sem monocultura inglesa, como em muitas disciplinas acontece - WINFRIED THIELMANN

LEITURAS ROMANÍSTICAS DO CÓDIGO CIVIL . LETTURE ROMANISTICHE DEL CODICE CIVILE . ROMANIST READINGS OF THE CIVIL CODE
Romanística e sistematização do Código Civil. Contexto - JORGE SILVA SANTOS

PÁGINAS ESCOLHIDAS . PAGINE SCELTE . SELECTED WRITINGS
| A tradição jurídica e o Código Civil de 1867: uma questão sobre fontes de Direito. A propósito de um livrito de gaspar Monteiro - EDUARDO VERA-CRUZ PINTO
| De como se quebrou e se há-de reatar o fio da tradição no campo do direito (Memória lida na conferência inaugural do 86º anno da Associação dos Advogados de Lisboa, em 16 de Janeiro de 1924) - GASPAR ANTÓNIO DA CUNHA MONTEIRO

RECENSÕES . RECENSIONI . REVIEWS
| JULIA MARIA GOKEL, Sprachliche Indizien für inneres System bei Cervidius Scaevola - FRANCISCO J. ANDRÉS SANTOS
| ALESSANDRO CASSARINO, Il vocare in tributumnelle fonti classiche e bizantine - ANDRÉ MOZ CALDAS
| LUIGI CAPOGROSSI COLOGNESI, La costruzione del diritto privato romano - AMELIA CASTRESANA
| LINDA DE MADDALENA, Litis causa malo more pecuniam promittere. Sulla contrarietà ai boni mores del “patto di quota lite” - CARLOS DE OLIVEIRA COELHO
| FAUSTO GIUMETTI, Per advocatum defenditur. Profili ricostruttivi dello status dell’avvocatura in Roma antica - CARLOS DE OLIVEIRA COELHO
ALESSIO GUASCO, Gli atti introduttivi del processo civile nelle cognitiones extra ordinem - MARÍA TERESA GONZÁLEZ-PALENZUELA
| FEDERICA DE IULIIS, Studi sul pignus conventum. Le origini. L’interdictum Salvianum - ROSA MENTXAKA
| FRANCESCO LUCREZI, Il deposito in diritto ebraico e romano - BERNARDO PERIÑÁN
| RUY DE CARVALHO, Uma breve história do seguro. Dos antecedentes ao final do século XVII - FRANCISCO RODRIGUES ROCHA
| FRANCESCA PULITANÒ, Quid enim municipes dolo facere possunt? Illecito del singolo e responsabilità collettiva nel diritto romano - RAMÓN P. RODRÍGUEZ MONTERO

NOTÍCIAS . NOTIZIE . NEWS
| In memoriam Gerardo Broggini (16.11.1926-29.10.2018) - CHRISTIAN BALDUS
| Curso de especialização em Direito privado romano na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa - FRANCISCO RODRIGUES ROCHA / RAIMUNDO CHAVES NETO

5606939009173

Ficha informativa

Editor
THD | ULISBOA
Referência
5606939009173
Páginas
357
Local de Edição
Lisboa

A AAFDL Editora nasceu no mundo académico com o propósito de servir o mundo jurídico no seu todo. 

O sentido de crescimento da Editora tem vindo a ditar novas regras, porque nos dias que correm já não olhamos só para dentro da Faculdade onde estamos situados, mas também olhamos para fora. 

Nos últimos anos tem havido o atento cuidado de expandir os horizontes na Editora, procurando a produção de obras científicas por mais autores que não só docentes, com a finalidade de que as nossas obras possam servir não só a alunos, mas também a advogados, solicitadores, autarquias e todos os outros agentes do mundo do Direito. 

O nosso slogan: ‘’Há mais de 100 anos a editar o futuro’’, é característico daquilo que somos e representamos. Sabemos de onde vimos, sabemos onde estamos e sabemos para onde vamos! 

Os Autores que escolhem a nossa Editora enquanto sua, escolhem-na porque veem nesta Editora a jovialidade que é característica, mas, para além disso, percebem o sentido de responsabilidade que existe entre todos aqueles que a dirigem. 

Sempre estivemos situados na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa e, parecendo que não, essa é uma grande vantagem que temos em relação a qualquer outra Editora. Este fator diferenciador permite-nos chegar mais facilmente aos autores e aos alunos e permite-nos, ainda, ter uma livraria principal na Faculdade de Direito de Lisboa. 

Esta enorme rede de distribuição permite-nos chegar a uma rede alargada de Juristas.

Também poderá gostar