Efeitos Lícitos da Prova Ilícita em Processo Estatual e Arbitral

15,50 €
13,95 € Salvar 10%
Impuestos incluidos | DELIVERIES ONLY FROM 30.08
Cantidad

  • Entrega gratuita em Portugal a partir de 25€ Entrega gratuita em Portugal a partir de 25€

ÍNDICE

Uma nota prévia

§ 1. O Caso e a lição da história: Ninguém pode beneficiar do seu próprio ilícito
§ 2. Prova, facto essencial e procedência da acção ou da defesa
§ 3. Da proibição de produzir à proibição de valorar: a funcionalidade das proibições de prova como normas conformadoras da decisão
3.1 As formas típicas de tutela: proibição de produção e proibição de valoração
3.2. A proibição de valoração como conceito- cúpula das proibições probatórias
3.3 A eficácia congenitamente relativa da proibição de valorar. A prova proibida in malem partem e permitida in bonam partem
3.4 Conclusão intercalar e indicação de sequência
§ 4. A razão das proibições de prova e a proibição de valoração da correspondência como meio de prova
4.1 Os limites à admissibilidade da prova postos pelo princípio
do Estado de Direito e pelos princípios enformadores do processo equitativo
4.2. A violação dos direitos fundamentais da parte como fundamento da ilicitude da prova
4.3 Os direitos de autodomínio exclusivo sobre a informação e a proibição da prova obtida em consequência de uma ingerência abusiva na reserva sobre a intimidade
4.4 A admissibilidade excepcional da prova ilícita e o seu fundamento justificante na protecção de outros direitos fundamentais
§ 5. A inadequação das soluções tipicamente enunciadas para as proibições de prova: desprotecção da parte lesada e avantajamento do lesante
§ 6. A saída para os casos de prova unilateralmente lícita: admissibilidade de produção e proibição de valoração. A prova subjectivamente proibida e o sentido relacional da proibição de valoração
6.1 O direito da parte lesada à produção e valoração da prova ilícita
6.2 A proibição de aproveitamento pelo “lesante” da prova obtida por meios ilícitos
6.3. A coexistência da admissibilidade da valoração da prova em favor da parte lesada com a proibição de valoração em seu desfavor
§ 7. Simetria da solução com os princípios gerais
7.1 A observância dos princípios do processo equitativo, do contraditório e da igualdade de armas
7.2 A observância do princípio da aquisição processual
7.3 A observância do princípio da investigação
7.4 Conclusão: A simetria da solução proposta com as coordenadas gerais. A proibição de aproveitamento do ilícito próprio
§ 8. Síntese conclusiva

Bibliografia

9789726293569

Ficha de datos

Editor
AAFDL EDITORA
Autor(es)
Paula Costa e Silva, Nuno Trigo dos Reis
Referencia
9789726293569
Páginas
114
Local de Edición
Lisboa (2019)

Dear customers

We are closed for holidays from 31.07 to 30.08
Orders confirmed and paid during this period will only be dispatched from 31.08

Thanks you very much