Interpretatio Prudentium - II, 2017, 2

25,00 €
22,50 € Salvar 10%
Impuestos incluidos ENTREGA: 1 A 3 DÍAS LABORABLES (EN REGLA)
Cantidad

  • Entrega gratuita em Portugal a partir de 25€ Entrega gratuita em Portugal a partir de 25€

APRESENTAÇÃO

A Interpretatio Prudentium é a primeira revista de Direito Romano e de Tradição Romanística em Língua Portuguesa a surgir no universo das publicações universitárias. Esse pioneirismo não pode deixar de ser assinalado pois constitui motivo de responsabilidade acrescida para os seus fundadores e editores.
Só agora foi possível concretizar um projecto antigo dos professores e investigadores de Direito Romano e dos direitos de Tradição Romanística da Faculdade de Direito de Lisboa (FDL). Um sonho que foi confiado pelo Professor Ruy de Albuquerque aos que acompanharam as suas aulas e seguiram as suas lições e exemplo; uma possibilidade que se começou a concretizar com o apoio do Professor Menezes Cordeiro à criação de uma disciplina obrigatória de Direito Romano no Plano curricular da licenciatura (I° ciclo) em Direito da FDL; uma iniciativa que se tornou necessária após a realização de dois Congressos internacionais de Direito Romano na nossa Escola de Lisboa e a aprovação dos cursos de mestrado e de doutoramento em Direito Romano na nossa Faculdade, criando a massa crítica indispensável à sustentabilidade do projeto editorial da Revista.(...)

ÍNDICE . INDICE . CONTENTS

Editoriais . Editoriali . Editorials

| Editorial - Eduardo Vera-Cruz Pinto
| A exegese do século XXI - Christian Baldus
| Obra Centenária . Un'opera a cento anni di distanza . Centenary Work
A obra centenária: Moriz Wlassak, Anklage und Streitbefestigung im Kriminalrecht der Rõmer - Tommaso Beggio

Artigos . Articoli . Articles

| Inapplication des dispositions romaines sur la lex Rhodia de iactu hors du domaine maritime: la position des arrêtistes français (XVIe-XVIIIe siècle) - Constance Ornano
| No bicentenário do nascimento de Theodor Mommsen em Portugal: algumas reflexões sobre o ensino da Constituição sem a matriz romana - Eduardo Vera-Cruz Pinto
| Arguição de uma dissertação de doutoramento. Mora débitons no direito romano clássico - José A. A. Duarte Nogueira
| A segunda centúria da correspondência de Manuel Correia. Três cartas com questões de direito - Manuel José de Sousa Barbosa
| O Mar no Direito Romano . Il mare nel diritto romano . The Sea in Roman Law
Responsabilidade do nauta sob perspectiva de direito histórico comparado no Código de Hammurabi - Alessandro Hirata
| El mar, res communis omnium? Dogma y realidad desde la óptica jurisprudencial - Bernardo Perinán Gómez
| Direito marítimo romano. Competência do ato de avarias grossas - Rodrigo de Lima Vaz Sampaio
| Aspects de la particularité du commerce maritime: l'actio exercitoria - Susanne Heinemeyer

Páginas Escolhidas . Pagine Scelte . Selected Writings

| Apresentação - Eduardo Vera-Cruz Pinto
| Direito Romano, 1873-1874, i° ano, 8a lição pelo Professor Bernardo de Albuquerque e Amaral, na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra

Recensões . Recensioni . Reviews

| Sara Galeotti, Ricerche sulla nozione di damnum, II -I criteri d'imputazione del danno tra lex e interpretatio prudentium - Francisco Rodrigues Rocha
| Jörg Reimann, Römisches Recht bei Titus Livius - Sven Günther

Notícias . Notizie . News

| In ricordo di un gentiluomo: Berthold Kupisch (3.1.1932 - 30.12.2015) - Massimo Miglietta
| In memoriam Dieter Nörr (20.2.1931 - 3.10.2017) - Rosa Mentxaka
| Considerazioni in mérito al seminário „Methoden der Romanistik: Woher? Wohin? 70 Jahre Paul Koschakers Europa und das römische Recht11, Institut für geschichtliche Rechtswissenschaft, Heidelberg, 20-21 Ottobre 2017 - Tommaso Beggio

5606939009036

Ficha de datos

Editor
THD | ULISBOA
Referencia
5606939009036
Páginas
286
Local de Edición
Lisboa

A AAFDL Editora nasceu no mundo académico com o propósito de servir o mundo jurídico no seu todo.

O sentido de crescimento da Editora tem vindo a ditar novas regras, porque nos dias que correm já não olhamos só para dentro da Faculdade onde estamos situados, mas também olhamos para fora.

Nos últimos anos tem havido o atento cuidado de expandir os horizontes na Editora, procurando a produção de obras científicas por mais autores que não só docentes, com a finalidade de que as nossas obras possam servir não só a alunos, mas também a advogados, solicitadores, autarquias e todos os outros agentes do mundo do Direito.

O nosso slogan: ‘’Há mais de 100 anos a editar o futuro’’, é característico daquilo que somos e representamos. Sabemos de onde vimos, sabemos onde estamos e sabemos para onde vamos!

Os Autores que escolhem a nossa Editora enquanto sua, escolhem-na porque veem nesta Editora a jovialidade que é característica, mas, para além disso, percebem o sentido de responsabilidade que existe entre todos aqueles que a dirigem.

Sempre estivemos situados na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa e, parecendo que não, essa é uma grande vantagem que temos em relação a qualquer outra Editora. Este fator diferenciador permite-nos chegar mais facilmente aos autores e aos alunos e permite-nos, ainda, ter uma livraria principal na Faculdade de Direito de Lisboa.

Esta enorme rede de distribuição permite-nos chegar a uma rede alargada de Juristas.

También podría gustarte