Interpretatio Prudentium - II, 2017, 1

€25.00
€22.50 Save 10%
VAT included | DELIVERIES: 1 TO 3 WORKING DAYS (IN RULE)
Quantity

  • Entrega gratuita em Portugal a partir de 25€ Entrega gratuita em Portugal a partir de 25€

APRESENTAÇÃO

A Interpretatio Prudentium é a primeira revista de Direito Romano e de Tradição Romanística em Língua Portuguesa a surgir no universo das publicações universitárias. Esse pioneirismo não pode deixar de ser assinalado pois constitui motivo de responsabilidade acrescida para os seus fundadores e editores.
Só agora foi possível concretizar um projecto antigo dos professores e investigadores de Direito Romano e dos direitos de Tradição Romanística da Faculdade de Direito de Lisboa (FDL). Um sonho que foi confiado pelo Professor Ruy de Albuquerque aos que acompanharam as suas aulas e seguiram as suas lições e exemplo; uma possibilidade que se começou a concretizar com o apoio do Professor Menezes Cordeiro à criação de uma disciplina obrigatória de Direito Romano no Plano curricular da licenciatura (I° ciclo) em Direito da FDL; uma iniciativa que se tornou necessária após a realização de dois Congressos internacionais de Direito Romano na nossa Escola de Lisboa e a aprovação dos cursos de mestrado e de doutoramento em Direito Romano na nossa Faculdade, criando a massa crítica indispensável à sustentabilidade do projeto editorial da Revista.(...)

ÍNDICE . INDICE . CONTENTS

Editoriais . Editoriali . Editorials

| A Escola de Lisboa de Direito Romano (2010-2017) Eduardo Vera-Cruz Pinto
| Mundos metodologicamente desfasados? As romanísticas dentro e fora da Europa - Christian Baldus

Obra Centenária . Un'opera a cento anni di distanza . Centenary Work

| A obra centenária: Fritz Schulz, Einführung in das Studium der Digesten - Mario Varvaro

RECEPÇÃO DA TEORIA DAS MASSAS DE BLUHME. RICEZIONE DELLA TEORIA DELLE MASSE DI BLUHME. RECEPTION OF BLUHME'S. THEORY OF MASSES

| Apresentação - Christian Baldus
| Die Massentheorie aus der Sicht der Lehre von den Textstufen - Matthias Ehmer
| Die Diskussion der Bluhme'schen Massentheorie 1820-1950 - Lena Ehrenhard-Dickescheid
| Die Bluhme'sche Massentheorie aus der Sicht der Lehre von den Werktypen - Magda Keller
| Keine Debatte? Reimarus 1830. Ein Postscriptum - Christian Baldus / Juan Manuel Blanch / Andreas Nitsch / Mario Varvaro

Artigos . Articoli . Articles

| A deserdação. Direitos romano e português das sucessões - António dos Santos Justo
| Ins singulare e Constituição: do ius romanum ao ins commune constitucional - Paulo Otero

LEITURAS ROMANÍSTICAS DO CÓDIGO CIVIL. LETTURE ROMANISTICHE DEL CODICE ClVILE . ROMANIST READINGS OF THE CIVIL CODE

| Interpretar o artigo 90 do Código Civil pela lição da iurisprudentia romana: algumas considerações preliminares (parte I) - Eduardo Vera-Cruz Pinto
| Páginas Escolhidas . Pagine Scelte . Selected Writings
| Apresentação - Eduardo Vera-Cruz Pinto
| Direito Romano - Biblioteca do Povo e das Escolas

Recensões . Recensioni . Reviews

| Stockebrand, Adolfo Wegmann, Obligatio re contracta. Ein Beitrag zur sogenannten Kategorie der Realverträge im Romischen Recht - Hugo Ramos Alves
| Hendel, Arndt Christoph, Marcelli ratio. Die Argumentationsweise des hochklassischen Juristen Ulpius Marcellus - Hans-Michael Empell
| Sampaio, Rodrigo de Lima Vaz, Direito privado marítimo-romano. A disciplina jurídica do alijamento - Francisco Rodrigues Rocha

Notícias . Notizie . News

| Morreu Aloísio Surgik: a romanística de língua portuguesa está de luto - Eduardo Vera-Cruz Pinto

Índice interativo

5606939008954

Data sheet

Publisher
THD | ULISBOA
Reference
5606939008947
Pages
318
Editing Place
Lisboa

A AAFDL Editora nasceu no mundo académico com o propósito de servir o mundo jurídico no seu todo.

O sentido de crescimento da Editora tem vindo a ditar novas regras, porque nos dias que correm já não olhamos só para dentro da Faculdade onde estamos situados, mas também olhamos para fora.

Nos últimos anos tem havido o atento cuidado de expandir os horizontes na Editora, procurando a produção de obras científicas por mais autores que não só docentes, com a finalidade de que as nossas obras possam servir não só a alunos, mas também a advogados, solicitadores, autarquias e todos os outros agentes do mundo do Direito.

O nosso slogan: ‘’Há mais de 100 anos a editar o futuro’’, é característico daquilo que somos e representamos. Sabemos de onde vimos, sabemos onde estamos e sabemos para onde vamos!

Os Autores que escolhem a nossa Editora enquanto sua, escolhem-na porque veem nesta Editora a jovialidade que é característica, mas, para além disso, percebem o sentido de responsabilidade que existe entre todos aqueles que a dirigem.

Sempre estivemos situados na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa e, parecendo que não, essa é uma grande vantagem que temos em relação a qualquer outra Editora. Este fator diferenciador permite-nos chegar mais facilmente aos autores e aos alunos e permite-nos, ainda, ter uma livraria principal na Faculdade de Direito de Lisboa.

Esta enorme rede de distribuição permite-nos chegar a uma rede alargada de Juristas.

You might also like